Cadastro Único – Saiba como se inscrever e muito mais! 

O Governo Federal elaborou o Cadastro Único, uma espécie de registro. O intuito do governo consiste em localizar toda família de baixa renda no Brasil.  

Desenvolvido pelo Governo brasileiro, porém, retido e atualizado por municípios sem expensas a população, o mesmo se conhece também por CadÚnico. 

Com todos os dados atualizadas no Cadastro Único, os interessados podem então, solicitar a participação nos diversos benefícios do Governo.  

Cadastro Único - Saiba como se inscrever e muito mais! 
Cadastro Único – Saiba como se inscrever e muito mais! 

Sobretudo, todo benefício possui seus requisitos. Entretanto, manter suas informações de registro atualizadas no Cadastro Único não deve ser prolongada, pois consiste em um passo importante para solicitação do benefício desejado pela família.  

Atualmente, há uma plataforma totalmente digital para quem deseja fazer o registro no CadÚnico. Sendo assim, basta ir à Play Store ou Apple Store e instalar o aplicativo do CadÚnico. 

Contudo, este passo se torna essencial para que as famílias realizem o pré-cadastro para se integrar ao Cadastro Único. Após esse passo, os mesmos devem comparecer pessoalmente em um centro específico do Cadastro Único. Dessa forma, basta ir até um localizado em seu município dentro de um período de 240 dias para efetivar e complementar as informações da família.  

Saiba como realizar o pré-registro no Cadastro Único 

Realizando o pré-registro, a pessoa pode informar os dados importantes da família de forma mais rápida e eficaz. 

Portanto, como destacamos agora pouco, assim que encaminhar as informações no pré-registro, a pessoa deve ir presencialmente até uma central do Cadastro Único localizada em seu município habitual. Desse modo, os documentos de identificação de cada membro da família devem ser levados até a central de atendimento.  

Para efetuar a solicitação dos auxílios sociais, o registro precisa ser preenchido com alguns documentos, além de outros dados adicionais pedidos na central do CadÚnico.  

Pré-registro através do Aplicativo 

A pouco falamos do aplicativo do CadÚnico desenvolvido pelo Governo. O mesmo está disponibilizado na Play Store e Apple Store para aqueles que ainda não efetivaram o seu pré-cadastro. Portanto, para fazer o pré-registro, basta instalar o App e fazer tudo de forma totalmente digital.  

Pré-registro por meio do Site 

Este meio também pode ser utilizado para que as pessoas realizem o pré-cadastro de forma online. Sendo assim, basta acessar o site oficial do Cadastro Único. 

Entenda com concluir o pré-registro na central do CadÚnico 

Logo após iniciar o pré-registro através dos meios citados acima, todo restante deve ser finalizado por um familiar titular na central de atendimento do Cadastro Único. Além disso, com citamos, tudo deve ser feito dentro de um período de 240 dias.  

portanto, quando o representante estiver na central do CadÚnico do município de residência, a equipe presencial do Cadastro único deve solicitar os documentos de identificação dos membros da família. Além também de solicitar outros dados adicionais, bem como: trabalho, domicílio, escolaridade, remuneração de todos e família.  

Os principias programas sociais que utilizam o Cadastro Único 

A seguir confira alguns dos principias programas sociais que utilizam o CadÚnico: 

  • Bolsa Família; 
  • Auxílio Brasil; 
  • Tarifa Social de Energia Elétrica; 
  • Carteira do Idoso; 
  • Aposentadoria para cidadãos com baixa renda; 
  • Minha Casa; Minha Vida; 
  • BPC (Benefício de Prestação Continuada); 
  • Carta Social; 
  • Entre outros. 

Quem pode utilizar o CadÚnico? 

Toda família enquadrada aos requisitos a seguir podem se registrar no Cadastro Único. Veja:  

  • Famílias com renda acima de meio salário-mínimo que estão vinculadas ou almejando um benefício que use o Cadastro Único em seus direitos; 
  • Famílias com renda mensal per capita de até meio salário-mínimo. 

Obrigatoriedade de atualizar as informações no CadÚnico 

A atualização se trata de caso algo novo aconteça na família. Sobretudo, a cada dois anos, essa atualização de dados no CaDÚnico deve ser realizada. 

Contudo, veja alguns casos que podem ocorrer na família e necessitam ser atualizados no CadÚnico: 

  • Nascimento ou falecimento de um membro da família; 
  • Mudança de endereço da família; 
  • Algum membro da família se mudou de lugar; 
  • Crianças matricularam-se ou mudaram-se de escola; 
  • Algum membro começou a ganhar mais ou começou a ganhar menos; 
  • Mudança de cidade da família. 

Você pode gostar...